Com baixo risco, a estratégia de investir em ativos reais possibilita ganhos com aluguel e valorização do imóvel. O segredo está na análise de potencial da região e da propriedade

 

Recentemente fizemos um post com 5 razões para investir em imóveis hoje. Estamos falando de um investimento de baixo risco com rentabilidade média muito superior a qualquer outro tipo de produto financeiro de renda fixa, leia-se CDBs pós fixados, Tesouro Direto e Fundos DI. 

Claro que a rentabilidade depende do tipo de imóvel, valor pago para comprá-lo, cidade e localização, mas tomando como base a capital paulista, estamos falando de uma média de 5,04%, segundo tabela de rental yield do Data Zap Fipe. Isso é mais do que 100% da rentabilidade média de diversas opções de investimento de renda fixa. 

Vale frisar que este percentual é da média da capital de São Paulo. Porque um dos pontos-chave para ter um bom retorno quando nos referimos a aquisição de imóveis com o intuito de investimento é a análise de potencial da região e da propriedade em si.

“É nisso que faz diferença você ter uma consultoria imobiliária como a que a Bossa Nova Sotheby’s presta. A gente atua focado em inteligência, porque temos uma plataforma própria, atualizada com os todos os dados do mercado que você possa imaginar e estes dados são interpretados por consultores que selecionamos a dedo, especialistas por bairros, ou seja, é um conjunto bem montado para dar ao investidor o melhor embasamento para que ele possa fazer o investimento dele com assertividade”, explica João Roberto Balan, diretor de operações e lançamentos da Bossa Nova Sotheby’s

 

Fonte: FipeZap/ informe março 2021

 

Um exemplo concreto, é a grande diferença entre o valor cobrado pelo aluguel por m²  entre a média da capital de SP e bairros como Vila Nova Conceição e Vila Olímpia, conforme imagem acima. Além de muito rentáveis, são regiões com grande demanda. “Apesar disso, é importante que o investidor fique atento a nuances do mercado. Por exemplo, a pandemia mexeu um pouco nos perfis. Tivemos queda na busca de imóveis por profissionais que queriam ficar perto das empresas que trabalhavam por agora estarem em home office, mas tivemos aumento na busca por imóveis maiores. Famílias que querem permanecer no bairro, mas mudar para casa ou ir para um apartamento com uma grande varanda. Tudo isso, é o trabalho da consultoria, é a entrega do real estate advisor”, pontua Balan.

 

Valorização de imóveis

O Índice de Preços de Imóveis Residenciais anunciado no informe FipeZap mais recente (abril/21), o preço de venda dos imóveis residenciais acumula nos últimos 12 meses um avanço nominal de 4,10% no país. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, por sua vez, as altas acumuladas no recorte temporal dos últimos 12 meses corresponderam a 4,32% e 2,13%, respectivamente.

O recente relatório também apontou uma consistência do bom momento vivido pelo mercado imobiliário que viveu uma alta demanda de compra no 2º semestre de 2020, um começo de 2021 estável e uma abertura do 2º trimestre de 2021 com alta, crescimento de investimentos e liquidez de crédito de financiamento imobiliário.

Tido como um desafio para este próspero cenário, a escalada do INCC correspondeu aos esforços de diversas frentes. Em abril o índice desacelerou a 0,95%, após registro de 2,00% em março, voltando a estimular iniciativas e empreendimentos de construtoras, que acreditam no potencial e nas margens de expansão de suas vendas e negócios.

Ou seja, atualmente o ganho de quem faz a opção de investir em imóveis está tanto no imóvel em si, devido a um cenário de mercado aquecido que privilegia a valorização, como nas negociações, acordos, permutas, entre outros tipos de investimentos e produtos, quanto no rental yield, já que é possível conseguir fazer boas negociações com pagamento à vista em áreas valorizadas ou empreendimentos que as incorporadoras tenham interesse em diminuir  seus estoques para liberar caixa. 

Temos um momento muito propício. Quer saber mais sobre estes e outros detalhes do mercado imobiliário? Quer receber oportunidades de investimento com o seu perfil? Entre em contato com a Bossa Nova e fale com um de nossos consultores.

 

Leia também
10 imóveis que aceitam permuta
Comprar imóvel agora ou esperar?
Vale a pena usar o imóvel como crédito para comprar outro?
Cresce a procura por imóveis em Portugal e nos Estados Unidos
Selic a 2,75% ainda é ótima opção para garantir crédito imobiliário