Conheça mais sobre a técnica que aumenta a atratividade de imóveis para futuros inquilinos ou compradores por meio de projetos de decoração rápidos e funcionais

 

O Home Staging foi criado na década de 70, nos Estados Unidos, para atender a uma demanda do mercado imobiliário americano, que vivia uma fase de efervescência. Naquele momento, visando aproveitar ao máximo o grande volume de ofertas e transações, o Home Staging nasceu para reduzir o tempo de efetivação dos negócios. 

Nos anos 90, a prática ganhou força na Europa, principalmente a partir da Inglaterra e tem sido adotada cada vez mais em todo o mundo, sendo hoje vista como uma eficiente ferramenta imobiliária.

 

E o que é exatamente o Home Staging ?

Como colocamos na chamada deste post, o Home Staging é uma transformação do imóvel que se pretende vender ou alugar usando recursos de decoração e, sempre que possível, alinhados com o perfil de futuros inquilinos ou compradores.

Sempre que possível, porque nem sempre são conhecidos estes perfis. E isso não impede a realização de um bom projeto de Home Staging, que além de otimizar o processo de arrendamento do imóvel, seja ele para venda ou locação, tem potencial de agregar valor comercial ao imóvel. Lembrando que já falamos aqui no blog sobre a diferença entre a avaliação técnica e avaliação comercial de um imóvel.

 

Vale a pena gastar tanto?

Para começar, uma das premissas do Home Staging é conciliar tempo, funcionalidade e custo. Ou seja, o projeto de decoração tem que ser rápido, funcional e não ser de alto custo.

Segundo a AHSE (Associação Espanhola de Home Staging), graças a esta técnica a venda de um imóvel é 8 vezes mais rápida (aproximadamente menos 38 dias tendo em consideração a média espanhola).

 

Home Staging em tópicos

Há profissionais especializados em home staging em todo o mundo, inclusive no Brasil, e a seguir vamos compartilhar projetos antes e depois de alguns deles.

Mas vale a pena você proprietário ou investidor saber a essência desta técnica, que claro, vai muito além deste bullet points que listamos a seguir:

 

  • Iluminação – investir tanto em soluções para valorizar a luminosidade natural do imóvel como em produtos e instalações de qualidade que garantam ambientes bem iluminados, cenas diferentes, é uma base fundamental.
  • Despersonalização – remover objetos e itens pessoais, de valor afetivo ou muito ousados, marcantes é um passo importante para não jogar contra nenhum potencial cliente.

  • Espaços e ambientes livres – sabe a expressão casa de revista ou casa de novela? Esta é a ideia aqui. Retire móveis, objetos, quadros, tudo que for demais. A proposta é deixar o ambiente com um ar aconchegante, mas sem aquele ar de muita coisa, mesmo que em harmonia e coisas de bom gosto. A decoração para home staging deve ser mais minimalista.

  • Móveis de qualidade, clássicos e funcionais – minimalista não significa propriedade vazia. Mas significa que aqui preferencialmente os móveis devem ter uma funcionalidade, sem impor um estilo de decoração ao futuro morador, permitindo que sejam combinados com diferentes propostas.

  • Neutro, um tom em alta – cores são um universo e abrem um mar de possibilidades na decoração isso é um fato. Agora no Home Staging nem todas as paletas são bem-vindas, já que a proposta é agradar ao maior número de pessoas possível. Ou seja, optar pelos tons mais neutros, poucos contrastes, tons pastéis, são máximas dos projetos de home staging.

  • Onde? Seja estratégico – de acordo com especialistas o investimento não deve ser o mesmo em todo o imóvel. Os ambientes que têm mais probabilidade de influenciar os futuros clientes devem receber verba e atenção maior. São eles: cozinha, sala de estar e quarto principal. 

 

Inspire-se

A seguir compartilhamos fotos de antes e depois de projetos de Home Staging para você se inspirar ou contratar um profissional. 

Antes

Chicago Land Home Staging

Depois

Chicago Land Home Staging

 

Antes

Chicago Land Home Staging

 

Depois

Chicago Land Home Staging

 

Antes

Depois

 

Antes

Depois

 

Quer saber mais sobre como fazer bons negócios no mercado imobiliário de alto padrão? Entre em contato com a Bossa Nova Sotheby’s.

 

Leia também
Décor afetivo
Coastal Style
Hollywood dá o tom na decoração
6 designers de interiores brasileiros para inspirar a sua decoração
Projetos de arquitetura e design de interiores que valorizam os imóveis

 

Imagem da capa: Chicago Land Home Staging