LifestyleViagem

Os endereços mais disputados de Viena

Rodeado pela grande estrada circular Ringstrasse (The Ring), Innere Stadt, bairro conhecido como a cidade velha de Viena, é o coração histórico e emocional da capital austríaca

 

 

 

“É o melhor endereço que você pode ter em Viena”, diz Martina Abiodun, uma consultora da Austria Sotheby’s International Realty, que acrescenta que Viena foi premiada com o título de “cidade mais habitável do mundo” por vários anos consecutivos e várias organizações. “Algumas partes são elegantes e sofisticadas, outras partes são jovens e estilosas o suficiente para atrair um público muito moderno.”

 

Condomínios e apartamentos centenários

Innere Stadt, cujo nome em livre tradução significa “cidade interna”, é definido por apartamentos e condomínios do velho mundo, a maioria dos quais são casas e palácios do início do século 20 nos estilos arquitetônicos Wilhelminian e Art Nouveau.

“Alguns deles têm mais de 300 anos”, diz Abiodun. “Quase não existem edifícios novos porque eles são protegidos historicamente. Nas últimas décadas, eles foram cuidadosamente restaurados e modernizados para corresponder ao lifestyle contemporâneo em um alto padrão. ”Os preços, ela acrescenta, são de €10.000 a € 30.000 por metro quadrado de área residencial, dependendo da localização e dos atributos da propriedade.

 

 

“Nos últimos anos foram construídas muitas coberturas de luxo com grandes rooftops, algumas com piscinas privativas, no topo de casas históricas”, conta Abiodun. “Normalmente, elas oferecem uma vista deslumbrante de toda Viena e  toda a infraestrutura sofisticada que um comprador de imóveis de alto padrão possa desejar.”

 

O interior desta cobertura, construída em um edifício histórico no coração de Viena, combina o design clássico e moderno, respeitando os valores históricos e artísticos do lugar. Fonte: FADD Architects.

 

O que o torna único: Innere Stadt é uma meca cultural e comercial

Alguns dos tesouros arquitetônicos históricos e mais impressionantes da cidade estão dentro dos limites de Innere Stadt. A Catedral de Santo Estêvão, a igreja mãe da Arquidiocese Católica Romana de Viena, é considerada o edifício religioso mais importante da cidade. Seu telhado de telhas multicoloridas define o horizonte de Viena.

Karlskirche, ou Igreja de São Carlos, é outro dos monumentos religiosos icônicos de Innere Stadt. A igreja barroca, que data de 1716, é dedicada ao santo Carlos Borromeu, do século 16. O Hofburg do século 13, ou “Castelo da Corte”, já foi o principal palácio da dinastia dos Habsburgos; hoje, é a residência oficial e o escritório do presidente da Áustria.

 

Tetos históricos em forma de abóbadas e design contemporâneo unem-se em perfeita harmonia no Krypt Bar. Foto: © krypt. / Studio Mato

 

Museumsquartier, área de 60 mil m² em Neubau, distrito vizinho a Innere Stadt, e oitava maior área cultural do mundo. Foto: © WienTourismus/Christian Stemper

 

Construído de 1872 a 1883, o Neo-Gothic Wiener Rathaus ou Vienna City Hall, que é conhecido por sua torre central elevada, é outra atração arquitetônica. O bairro também abriga o Edifício do Parlamento Austríaco, uma estrutura em estilo neo-grego concluída em 1883.

Para aqueles mais interessados ​​nas atividades atuais, Innere Stadt oferece uma variedade de instituições culturais, teatros, lojas de grife, restaurantes, bares e casas noturnas. A loja de departamentos Steffl vende uma variedade de marcas de moda de luxo, como Helmut Lang, Max Mara, Moschino e Pucci. As boutiques de marca, incluindo Chanel, Dior e Tiffany, estão localizadas nas principais ruas comerciais de Kohlmarkt, Tuchlauben e Kärntner Strasse.

 

O “Goldenes Quartier” promete uma experiência de compra luxuosa em um ambiente histórico. A nova área de compras de luxo com lojas exclusivas de grifes como Louis Vuitton, Emporio Armani, Miu Miu, Prada e Saint Laurent fica entre as ruas Tuchlauben, Bognergasse e Am Hof. Foto: © Gregor Titze / Signa

 

O apartamento de Mozart

Mozart e sua família viveram neste apartamento de 1784 a 1787, período em que escreveu a mundialmente famosa ópera “Le Nozze di Figaro” e três dos seis Haydn Quartets. É o apartamento maior, mais elegante e caro já ocupado por Mozart e o único que ainda está intacto até hoje.

O imóvel tem quatro quartos grandes, dois pequenos e uma cozinha. Com a ajuda de fotos e documentos, os visitantes podem seguir os passos de Mozart e sua família. O apartamento, tem curadoria do Museu de Viena, e apresenta entre seus objetos um magnífico relógio musical feito por volta de 1790, que reproduz uma variação do “Andante para um cilindro em um pequeno órgão” (KV 616) que Mozart teria composto para este mesmo relógio.

 

“suposta” sala de jogos do apartamento de Mozart. Fonte: © Mozarthaus Viena/ David

 

Vida noturna e gastronomia

Existem muitas opções de restaurantes requintados. Figlmüller, um restaurante familiar fundado em 1905, tem três unidades no bairro e é lendário por seu wiener schnitzel, e Plachutta, que é famoso por seus pratos de carne – notavelmente Tafelspitz (carne cozida) – tem duas unidades em Innere Stadt e oferece assentos ao ar livre em estilo de cafeteria.

Os hotspots noturnos incluem o Sky Bar, um rooftop com terraço perto da Catedral de Santo Estêvão, e o Eden Bar, que, de acordo com seu site, já recebeu ricos e famosos, incluindo Joan Collins, Orson Welles, Ella Fitzgerald e Liz Taylor, desde a sua fundação em 1911. “Há sempre todo o tipo de eventos culturais e musicais gratuitos durante todo o ano”, diz Abiodun, acrescentando que as comemorações de Natal e o festival de cinema, na praça Rathausplatz (em frente à prefeitura) atraem milhares de pessoas a cada temporada.

 

Attic bar (Dachboden-Bar) no 25hours Hotel. Foto: © 25hours Hotel

 

Aurora Rooftop Bar no Hotel Andaz Vienna Am Belvedere. Foto: © Andaz Vienna Am Belvedere

 

Tanto os moradores, quanto os visitantes gostam de frequentar os cafés austríacos de Innere Stadt, que, diz Abiodun, “têm essa atmosfera única e convidativa de tempos passados ​​e oferecem muitas tentações doces, incluindo strudels e bolos.”

Ela acrescenta que o Café Central, ponto de encontro das celebridades da cidade desde 1876, “provavelmente tem a arquitetura mais bonita de todas as cafeterias de Viena”, e o Café Sacher Wien, que fica ao lado do hotel de mesmo nome , “É bem conhecido pela famosa e mais original torta Sacher – um rico e delicioso bolo de chocolate”.

 

 

Para relaxar, os residentes costumam ir ao Stadtpark, uma área verde de 6 hectares onde, diz Abiodun, “você pode passear ou sentar e observar os patos no lago”. Há tanto para ver e fazer em Innere Stadt, diz ela, que algumas famílias são residentes há gerações.

 

 

Green Spirit – Vienna Moods. Viena é uma das cidades mais verdes do mundo: quase metade da cidade é formada por áreas verdes, graças aos inúmeros parques, florestas e até mesmo terrenos agrícolas.

 

“É também, claro, a área mais procurada por compradores de todo o mundo que desejam ter uma segunda ou terceira casa em Viena”, acrescenta ela.

 

 

Quer saber sobre imóveis de alto padrão no exterior? Entre em contato com a Bossa Nova Sotheby’s e fale com um de nossos consultores. 

 
Adaptação | Reside

 

Leia também
Conexão luso americana
Hotspots de 2021 em St. Tropez
Suíça reabre fronteiras para turistas vacinados. Braunwald, Ascona, Spiez, Delémont, Zurique, Genebra…

Posts relacionados
Lifestyle

Entenda como kitesurf impulsiona uma nova era no Nordeste

Executivos encontram no esporte uma paixão pelo mar e oportunidades de negócios na Praia do…
Ler mais
Lifestyle

Conheça a arte secular da alfaiataria com Vasco Vasconcellos

Em seu ateliê em São Paulo, o alfaiate molda a elegância há 35 anos e cria peças exclusivas que…
Ler mais
Lifestyle

Paris 2024: Descubra os encantos da cidade olímpica

De castelos históricos a estádios modernos, conheça todos os locais olímpicos As…
Ler mais