O primeiro ponto é saber: estas opções estão dentro da sua curva de valor? Já falamos sobre isso algumas vezes aqui no blog, mas curva de valor é uma lista de atributos de imóveis colocados em ordem de prioridade, de acordo com seu perfil. Pode parecer algo bem simples de ser feito, mas para ser efetivo, tem que ser fiel ao seu momento de vida financeiro, profissional, familiar, cultural e compatível com as expectativas que tem para o imóvel que busca. 

Superado este ponto de partida inicial, liste os prós e contras das opções que mais atendem suas prioridades. Pondere os itens, faça uma média e considere essa avaliação. 

Outra dica é considerar pontos essenciais para a compra de um imóvel:

 

  1. Localização – é uma das principais determinantes de valor e valorização de um imóvel. Leve em conta o endereço de cada opção, bem como o entorno, opções de comércio, lazer, transporte e projetos previstos.
  2. Valor – analise o custo completo de cada um com taxas, impostos e reformas. Na planilha de planejamento financeiro, um número pode ser bem maior do que era inicialmente.
  3. Diferenciais – planta e opções de customização, qualidade dos acabamentos, número de torres, formato e tipos de opções de lazer e convívio social, tudo isso além de agradar você e sua família, também aumentam as chances de revenda futura.
  4. Formas de aquisição – com aumento de oferta de crédito imobiliário e redução de juros, as opções que facilitam o financiamento ou aceitam permuta são opções interessantes se você não tem o montante total ou pretende reservar parte do dinheiro para outro investimento.  
  5. Idade – imóveis mais novos tendem a oferecer infraestrutura compatível com o que a tecnologia mais atual demanda. Rede elétrica e hidráulica principalmente. Considere este item como um ponto de desempate.


Se sente mais confiante para a decisão? Se ainda estiver em dúvida entre em contato com a Bossa Nova  e fale com um de nossos consultores.