As inovações tecnológicas vêm proporcionando a otimização de tarefas, criação de novos conceitos e modernização de equipamentos. Nesse sentido, não poderíamos deixar de mencionar o processo de automação residencial.

Trata-se de uma tendência que vem ganhando força e que veio para ficar. Além de trazer segurança, conforto e praticidade para a rotina dos moradores, essa tecnologia oferece um sistema integrado que permite o controle de tarefas domésticas por meio de smartphones, tablets e computadores.

Isso significa que uma simples residência pode se transformar em um lar inteligente operado digitalmente.

Este artigo vai apresentar o conceito de automação residencial e quais são as vantagens desse sistema inovador para o dia a dia dos moradores. Confira!

Casa | Jardim Paulista | Bossa Nova Sotheby’s International Realty

O que é a automação residencial?

A automação residencial é o conjunto de mecanismos tecnológicos integrados que permitem que os equipamentos eletrônicos de uma residência possam funcionar de modo totalmente automatizado.

Ou seja, é uma maneira inteligente de comandar as funcionalidades dessas ferramentas por meio de meros dispositivos, como um celular.

A automação residencial é um exemplo de IoT — Internet das coisas. Trata-se de uma rede de informações inteligentes conectadas e interligadas entre si, que permitem a comunicação e a troca de dados. Desse modo, é possível adaptar a casa para um modo inteligente que reage aos comandos dos moradores.

Esses equipamentos apresentam recursos que podem ser programados com antecedência e de modo rotineiro.

Assim, os mecanismos inteligentes serão acionados em momentos específicos previamente determinados pelo usuário. E isso graças à sua interação com dispositivos integrados a uma mesma rede, garantindo uso fácil e otimizado, além de caber facilmente na rotina doméstica.

Apartamento | Alto de Pinheiros | Bossa Nova Sotheby’s International Realty

Quais são as principais possibilidades de automação residencial?

Conheça, a seguir, alguns exemplos de ferramentas que podem ser facilmente reguláveis por meio de celulares ou controle remoto, por exemplo:

  • sensores de presença humana;
  •  temporizadores;
  • fechadura biométrica;
  • controle de temperatura;
  • ligar e desligar a televisão;
  • controles de iluminação da casa;
  • sistema de som e intensidade do volume;
  • sistema de irrigação de jardim;
  • movimentação de persianas e cortinas;
  • sistema de abertura e fechamento de portas e janelas;
  • acionamento de ar condicionado, aquecedor e controle da temperatura;
  • câmeras de segurança internas e externas.

É possível afirmar que todo equipamento que apresente a funcionalidade de ser conectado a uma rede de dispositivo móvel poder ser automatizado para fins residenciais.

De fato, embora gere inúmeros benefícios, a automação residencial funciona segundo uma lógica bem simples.

Ou seja, boa parte dos dispositivos domésticos modernos pode ser conectada e integrada a uma rede graças à Internet das Coisas, permitindo o controle por meio de aparelhos móveis comandados por humanos.

Casa | Morumbi | Bossa Nova Sotheby’s International Realty

Quais são os benefícios da automação residencial?

Conheça, a seguir, as principais vantagens que são proporcionadas aos moradores de uma residência graças a esses mecanismos automatizados interligados a um sistema de redes.

Segurança

A segurança da propriedade deve ser um dos principais aspectos a serem observados pelo morador. Nesse sentido, a automação residencial cumpre bem essa função. Essa tecnologia é mais uma opção para garantir a proteção do imóvel e evitar incidentes indesejados.

Tudo isso é possível graças às câmeras de vigilância instaladas nos cômodos e que ficam interligadas à rede, por exemplo. Além disso, há a possibilidade de instalar sensores, fechaduras eletrônicas, acionar luzes internas e externas, abrir e fechar as portas, puxar as cortinas para diminuir a visão do interior do ambiente etc.

Além de aumentar a proteção dos moradores que estão dentro de casa, esse sistema automatizado consegue simular a presença de um humano dentro de casa.

Assim, mesmo que o habitante esteja fora e longe da sua residência, ele consegue simular a própria presença, podendo dar a criminosos a impressão de que a casa não está vazia. Além disso, o morador pode ter acesso a tudo o que está acontecendo no ambiente por meio de câmeras de vigilância.

Economia de energia

A automação residencial ajuda na economia das despesas de casa. Esse sistema pode atuar no processo de controle e gerenciamento do consumo de energia de uma casa.

Afinal, quem nunca trocou de cômodo e esqueceu a luz acesa? Apesar de ser um descuido considerado inocente, ele pode ser um desperdício de energia e influenciar nas contas no final do mês.

Nesse sentido, um mecanismo inteligente pode identificar, de maneira automática, a presença humana em um ambiente. Caso essa presença não seja constatada, ele desliga os aparelhos. Isso também ajuda a dar eficiência e otimizar o uso dos eletrodomésticos.

Conforto

A automação possibilita o controle dos equipamentos domésticos inteligentes por meio de um simples ponto, geralmente um celular ou tablet. Assim, basta acionar o comando do dispositivo móvel conectado à internet, mesmo que o morador esteja a muitos quilômetros de distância do imóvel.

Essa qualidade traz conforto, praticidade e comodidade no desempenho das tarefas cotidianas, além de trazer mais qualidade de vida e otimização do tempo. Tudo isso graças ao desenvolvimento da tecnologia de Internet das Coisas.

Assim, por exemplo, é possível acionar o ar condicionado para chegar em casa e usufruir de um ambiente aconchegante e com temperaturas confortáveis. Outro exemplo é a possibilidade de acionar o controle de iluminação da casa para dar mais segurança ao ambiente.

Prevenção de acidentes

A automação monitora o ambiente residencial. Assim, caso o sistema identifique qualquer anormalidade no ambiente, ele vai agir para coibir essa situação incomum. Caso o morador esqueça a porta aberta, o equipamento vai reconhecer esse fato e enviar um comando para fechar a porta, por exemplo.

Dessa forma, a automação é uma ferramenta muito útil para quem se preocupa em evitar ocorrências negativas e acidentes, uma vez que ela permite checar os ambientes e verificar se está tudo em ordem.

A automação residencial é uma tendência tecnológica e deve se tornar cada vez mais comum no dia a dia dos moradores. As casas inteligentes oferecem muito mais segurança, conforto, praticidade, economia e tranquilidade. Nesse sentido, é importante ficar atento às novidades do mercado.

Quer saber mais sobre o impacto da tecnologia nas residências ou conhecer as principais tendências imobiliárias? Assine a nossa newsletter e receba materiais com exclusividade na sua caixa de e-mails!