Algumas das mais cobiçadas marcas italianas de design de mobiliário estão reinventando a sua própria história com edições especiais dos seus maiores ícones. É o que apelidamos de Restyling dos clássicos.

Num tempo de reedições, a gigante Cassina, marca italiana fundada em 1927, olha para dentro do baú e decide ousar. Coloca as estruturas da linha LC2 desenhada, em 1928, pelo Arquiteto suíço Corbusier em azuis pastel e verdes eletrizantes. A alma é a mesma, mas de repente as icônicas poltronas ficam muito mais informais.

LC2, Cassina 

Com 65 anos de edição contínua, a Zanotta é outro exemplo. É uma marca com uma história que se confunde com o próprio nascimento e evolução do design italiano e as suas primeiras edições continuam a ser protagonistas dos nossos dias. Comemorando o aniversário de algumas dessas criações, a Zanotta decidiu acrescentar ao seu catálogo novos acabamentos, por exemplo, para a poltrona Genni, ou a Maggiolina de Marco Zanuzo (1947).

Poltrona e pouf Genni, Zanotta 

Em 1966, Warren Platner desenhou uma coleção escultural que iria se transformar num ícone do modernismo e detentora de vários prêmios internacionais. A coleção Platner em aço inox editada pela Knoll renasceu o ano passado numa versão Gold, ouro de 18 quilates, e comemorando os 50 anos da primeira edição.

Coleção Platner, Knoll

Estes são apenas alguns exemplos. Conheça outros.

Legenda da foto de capa: Sofá Strips, Arflex 

 

Assinatura: QuartoSala – Home Culture