Mercado

Pinheiros: a união perfeita entre urbano e tranquilidade

Descubra como o bairro une o agito da cidade com a tranquilidade. O especialista Peterson Casale revela todos os segredos de Pinheiros e sua cena cultural, gastronômica e criativa

Confira a edição do SNAPSHOTS 3º Trim/23 para acompanhar nossa análise em outros bairros no mercado de alto padrão.

O lifestyle de Pinheiros, em São Paulo, é uma simbiose perfeita entre o dinamismo urbano e a qualidade de vida. Nesse bairro, a agitação da metrópole convive harmoniosamente com um ritmo mais tranquilo, proporcionando aos seus moradores uma experiência de vida equilibrada. 

A região é conhecida por sua diversidade de opções de lazer, repleta de cafeterias, lojas de design e galerias de arte que atraem amantes da cultura e da criatividade. O bairro também abriga uma vibrante cena gastronômica, com diversos restaurantes, bares e food trucks que oferecem uma rica variedade de sabores, desde pratos tradicionais até inovações culinárias. 

Em entrevista ao Blog da Bossa Nova, Peterson Casale, especialista em Pinheiros, Jardim América, Higienópolis e nos principais bairros da Zona Oeste da mais detalhes sobre a vida em um dos mais tradicionais bairros da capital paulista. Confira!

Qual é a sua visão de mercado sobre a região que você atua?

Pinheiros vem em uma onda crescente nos últimos anos. A busca por morar no bairro aumentou significativamente e os motivos são muitos.  

Em primeiro lugar, Pinheiros faz fronteiras com outros bairros de desejo, isso faz com que a sua localização fique ainda mais atrativa e especial, como se estivesse envolto em uma bolha.

O comércio na região se destacou fortemente, com uma ampla variedade de restaurantes, bistrôs renomados, estúdios de arte, mercados, padarias e lojas de moda e design. Os mais recentes, sempre com novos conceitos, ou clássicos revisitados, agregam ainda mais valor e charme ao bairro. 

As conveniências ainda preservadas no bairro, traz toda a bossa na questão do lifestyle. 

A chegada da linha amarela do metrô, com as estações Oscar Freire, Fradique Coutinho e Pinheiros, proporcionou mais uma importante opção em relação à mobilidade. 

Pinheiros passa por uma transformação arquitetônica muito intensa nos últimos anos, onde a verticalização mudou o cenário de várias ruas. 

Essa verticalização divide opiniões. 

A associação dos moradores do bairro de Pinheiros se uniu e juntamente com o CONPRESP, Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da cidade de São Paulo, aprovou o pedido para iniciar o processo de tombamento preliminar de parte do bairro. 

Aguardemos as cenas dos próximos capítulos. 

Independente dos atuais e futuros rumos do bairro, o CEP tem seu peso e ainda é mais desejado pelos amantes da Zona Oeste.  

O que os clientes Bossa Nova mais procuram na hora de adquirir um imóvel nesta região?

Localização é a palavra-chave para os nossos clientes em Pinheiros, pois na sua maioria, gostam do lifestyle de walk-distance para as facilidades da região. 

O quadrilátero das ruas que cruzam a rua dos Pinheiros ainda é o mais procurado, com o m² mais caro. Em seguida o “baixo Pinheiros”, próximo à avenida Pedroso de Moraes, bem requisitado pelos “farialimers”. Por último, mas não menos importante, as ruas próximas ao metrô Oscar Freire, é feita para um público que gosta de estar próximo ao Jardins.  

Depois, eles se dividem em dois perfis:

Os que buscam apartamentos já reformados e bem iluminados, em prédios mais antigos, mas não renunciam a elementos arquitetônicos bem preservados.

As reformas com ambientes integrados, tacos restaurados, ganham um passo à frente. 

O outro perfil são os que optam por empreendimentos mais novos, com lazer completo, com varanda e vista. A busca pelo skyline da cidade virou privilégio dos novos lançamentos e andares altos.  

Dê 3 dicas de hotspots da região.

Seria difícil citar apenas três hotspots da região. 

Na parte gastronômica, a rua Ferreira de Araújo tem ótimas opções de restaurantes, mas vale o destaque para o restaurante SHUK, comida de rua do Oriente Médio, ótima opção para os sábados de tarde. 

Os adeptos a aperitivo/happy hour, o despretensioso OMBRA é assertivo para ir com amigos.  

Para um jantar mais intimista, o LIDO amici di amici, com culinária italiana, que foge do óbvio. 

Os clássicos do bairro nunca saem de moda: Dô Culinária Japonesa e o Chou, sempre impecáveis. 

Para quem busca sair do óbvio no vestir e un certain regard em objetos de decoração, a rua Mateus Grou se consolida de vez, como o novo endereço de moda e design da cidade. Palco perfeito para os novos artistas. 

Se o assunto for objetos de design, a curadoria de design da loja DESMOBILIA é de encher os olhos e alegrar as casas de bom gosto. 

Os que buscam particularidade em vestir, a loja BALSA se destaca com peças atemporais e em tecidos com procedência de responsabilidade ambiental, mas atual impossível. 

Para os amantes de música, o CITYLIGHTS hospeda diversos shows, de maneira mais intimista e com uma curadoria ímpar. E por fim, a feira da Praça Benedito Calixto, que é uma tradição paulista.

Posts relacionados
Mercado

Entenda por que o relatório Snapshots é importante para o mercado imobiliário de alto padrão

Denise Ghiu, idealizadora do relatório, conversou com o Blog da Bossa Nova e destacou a…
Ler mais
Mercado

Tecnologia e localização impulsionam a valorização imobiliária em imóveis de lançamentos

Especialista da Bossa Nova Sotheby’s revela dados comparativos entre diferentes eixos de…
Ler mais
Mercado

Jardim América: uma das opções mais atraentes de São Paulo para quem busca luxo e investimento

Com localização estratégica e imóveis de alto padrão, o bairro se destaca por seu mercado…
Ler mais