Museu de Arte Sacra de São Paulo – MAS/SP, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, cerra suas portas físicas e reforça sua presença no universo digital com novas ações e apresentação de uma obra inédita.

Como ação de destaque, apresenta documentário inédito sobre seu espaço e sua história – Museu de Arte Sacra de São Paulo – Muito Prazer!”, com roteiro e direção do artista multimídia Ricardo Van Steen. Curiosidades, sentimentos, emoções, relatos pessoais, históricos e técnicos compõe a peça. O vídeo apresenta registros de depoimentos de vários personagens que, de formas diversas, tem laços de carinho e/ou profissional com a instituição, como: Pe. Arnaldo Juliano – Capelão do Mosteiro da Luz; o jornalista Cesar Giobbi, os artistas Carlos Eduardo Uchoa, Elisa Stecca e Paulo von Poser, o curador Renato de Cara e o designer Rodrigo Edelstein. Marilia Botelho Albuquerque responde pela produção. 

Conduzido pelos diálogos, o público passeia pelos corredores de um dos prédios mais antigos do período colonial paulistano, cuja construção teve início em 1774 – o Mosteiro da Luz – que abriga a sede do Museu de Arte Sacra, com seu rico acervo, inserido na área central de uma das maiores metrópoles do mundo.

A sensibilidade visual do diretor Ricardo van Steen exibe, em cerca de trinta minutos, recortes de uma das maiores coleções de arte barroca do Estado de São Paulo, da estatuária a numismática e/ou da indumentária até a própria arquitetura do edifício. Para o professor e arquiteto Paulo Von Poser, o museu desperta a curiosidade “de um edifício que não mudou em uma cidade que mudou por completo”. A artista plástica Elisa Stecca comenta: “cada artista tem uma concepção do que é a luz”, referindo-se a peças expostas nas vitrines do museu.

O arco narrativo é bastante amplo, subdividido em temáticas como “Arte e Paz”, “Guardiões da Cultura”, “Do Barroco a Modernidade”, “Sabedorias”, “O Cofre”, “Curiosidades” e “Futuro”; todos comentados por profissionais de destaque em suas áreas de expertise, enriquecido por imagens significativas. 

A peça estará disponível, com exclusividade, no canal de YouTube do MAS/SP, onde também se tem acesso a vídeos de exposições temporárias realizadas no MAS/SP, onde todo esse conteúdo foi pensado com recursos de acessibilidade aos deficientes auditivos.

Clique aqui e confira.



Documentário: Museu de Arte Sacra de São Paulo – Muito Prazer!”

Direção, roteiro e conceito: Ricardo van Steen

YouTube: https://www.youtube.com/museudeartesacradesaopaulo

Museu de Arte Sacra de São Paulo

Site: www.museuartesacra.org.br

Instagram: https://www.instagram.com/museuartesacra/

Facebook: https://www.facebook.com/MuseuArteSacra

Twitter: https://twitter.com/MuseuArteSacra

Endereço: Avenida Tiradentes, 676 – Luz, São Paulo (estação Tiradentes do Metrô) (11)3326-5393

 

O museu

Museu de Arte Sacra de São Paulo, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, é uma das mais importantes do gênero no país. É fruto de um convênio celebrado entre o Governo do Estado e a Mitra Arquidiocesana de São Paulo, em 28 de outubro de 1969, e sua instalação data de 29 de junho de 1970. Desde então, o Museu de Arte Sacra de São Paulo passou a ocupar ala do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz, na avenida Tiradentes, centro da capital paulista. A edificação é um dos mais importantes monumentos da arquitetura colonial paulista, construído em taipa de pilão, raro exemplar remanescente na cidade, última chácara conventual da cidade. Foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em 1943, e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Arquitetônico do Estado de São Paulo, em 1979. Tem grande parte de seu acervo também tombado pelo IPHAN, desde 1969, cujo inestimável patrimônio compreende relíquias das histórias do Brasil e mundial. O Museu de Arte Sacra de São Paulo detém uma vasta coleção de obras criadas entre os séculos 16 e 20, contando com exemplares raros e significativos. São mais de 18 mil itens no acervo. O museu possui obras de nomes reconhecidos, como Frei Agostinho da Piedade, Frei Agostinho de Jesus, Antônio Francisco de Lisboa, o “Aleijadinho” e Benedito Calixto de Jesus. Destacam-se também as coleções de presépios, prataria e ourivesaria, lampadários, mobiliário, retábulos, altares, vestimentas, livros litúrgicos e numismática.

 

 MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO – MAS/SP

Presidente do Conselho de Administração – José Roberto Marcelino dos Santos

Diretor Executivo – José Carlos Marçal de Barros

Diretor de Planejamento e Gestão – Luiz Henrique Marcon Neves

Museóloga – Beatriz Cruz