Graças a diversos fatores econômicos favoráveis, vemos um “mini boom” no mercado imobiliário, que, diante do pouco rendimento da poupança e do alto risco da Bolsa de Valores, tem se mostrado a melhor opção para investimentos.

Clique aqui e confira a matéria na íntegra.