Lifestyle

Muito além da fama: conheça 6 músicos que apostaram também em pinturas

Conhecidos pelo sucesso nos palcos, cantores como Robbie Williams, Paul McCartney e David Bowie expressam sua arte também de uma outra forma, não se limitando apenas nas canções e se arriscam, de um jeito singular, nas obras de arte

Para muitos músicos, a arte vai além da composição de uma canção e do talento de cantar. Há quem pense ainda que arte se limita em apenas um jeito de trabalhá-la. Estão enganados! Para exercitar a criatividade, das mais variadas formas e jeitos, muitos profissionais, tradicionalmente, conhecidos pelo show em palcos, estrelam em outro jeito de fazer sucesso: na pintura. 

A arte acaba sendo para eles um novo jeito de enxergar o mundo e de expressar seus sentimentos, os motivando, renovando e os inspirando. É uma singela troca de ideias para compor as canções e pintar novos quadros. 

Já trazendo para uma realidade de quem não é músico, fica a dica de que é possível se arriscar em diversas outras atividades. Até mesmo naquelas que mal conhecemos. Diante disso, reunimos 6 músicos que encaram o pincel assim como estão acostumados a usar um microfone. Para a arte não existe limite!

1. Robbie Williams

Robbie Williams, cantor, compositor e ator britânico, se consagrou na música muito antes de ser o maior vencedor de Brit Awards (o mais importante prêmio da música do Reino Unido). Nos anos 90, passou pelo grupo pop Take That mas tempos depois, seguiu na carreira solo, sendo dono de grandes sucessos como Angels, Feel e She´s the one. 

Expandindo sua bagagem pela arte, o cantor apostou na carreira também de pintor, que vem se consolidando com sucesso. Inclusive, o cantor, em parceria do seu amigo Ed Godrich, revelou uma exposição inédita na tradicional casa de leilões Sothebys, em Londres, na última semana, com 14 pinturas que ficaram expostas para venda.

A parceria levou a dupla a criar obras nostálgicas dos anos 1990. Vibrantes, eufóricas e pulsantes. 

Obra minimalista exposta para venda em Londres
Crédito: Reprodução/ Facebook/ Robbie Williams

Black & White Paintings | Robbie Williams x Ed Godrich

2. Paul McCartney

Se para compor uma nova canção, a técnica de um músico é “deixar rolar”, Paul McCartney utiliza muito bem disso. Tanto na música, quanto na arte. Apesar de dispensar apresentações – e talvez não ser o único pintor dos Beatles – ele começou a pintar na adolescência, mas demorou para mostrar ao mundo seu segundo grande talento. A maioria dos seus trabalhos são expressionismo abstrato e em 2000, lançou o livro Paul McCartney: Paintings, com algumas de suas obras visuais.  

3. David Bowie

Músico talentoso e um dos maiores artistas de todos os tempos, David Bownie estudou em uma escola de arte e pintou seus quadros até meados de 2016, ano do seu falecimento. Bowie sempre foi um artista muito visual e deixava isso bem claro em suas pinturas que já foram expostas em galerias dos Estados Unidos, Inglaterra e Suíça. Algumas, inclusive, foram leiloadas e o dinheiro revertido para instituições sociais. 

4. Ronnie Wood

Os fãs dos The Rolling Stones também conheceram o lado pintor do guitarrista Ronnie Wood. Isso porque, o músico faz quadros belíssimos da própria banda e, de outros artistas, bem característicos. Wood aprendeu a pintar ainda na escola, em Londres, cidade que recebeu a galeria de arte Scream, do próprio cantor. O músico se caracterizou pelas obras visuais expressivas. 

Wood expressa sua individualidade por meio de suas obras | Crédito: Reprodução/ Revista Eletricidade

5. Brandon Boyd

Dividindo seu tempo entre a música e a arte visual, Brandon Boyd, vocalista do Incubus, faz murais com traços bem expressivos em suas obras e já assinou o livro White Fluffy Clouds, que possui mostras de seu trabalho relacionados às suas artes, fotografias e até letras de músicas da banda, além de alguns de seus pensamentos. 

6. Kurt Cobain

Kurt Cobain foi cantor, compositor e músico norte-americano integrante da banda Nirvana. Além do seu sucesso nos palcos, Cobain também se aventurou pelo mundo das obras de arte. Sua arte abrilhantou capas de CDs da banda e ainda possui um vasto catálogo de pinturas e até de esculturas, que ficaram conhecidas por ser um pouco perturbadores. 

Os clientes Bossa Nova Sotheby’s têm o privilégio de realizar um tour guiado gratuitamente pela casa de leilões da Sotheby’s em Nova York. Quer saber como? Entre em contato e fale com nossos consultores.

Posts relacionados
Lifestyle

Para quem deseja ir além

Praticidade, lifestyle e conforto: mercado de aviação no Brasil atrai olhares de quem procura esse…
Ler mais
Lifestyle

Entrevista com especialista: os 10 mandamentos do charuto

Em entrevista ao Blog Bossa Nova, Don Emmanuel, Master Cigar Sommelier da maior tabacaria na…
Ler mais
Lifestyle

A democratização da trufa

O famoso ‘diamante da cozinha’ se torna cada vez mais presente na gastronomia brasileira. Para…
Ler mais