O portal ArchDaily fez um levantamento superinteressante sobre a vida de alguns dos arquitetos mais bem-sucedidos do mundo.

A constatação foi que muitos deles iniciaram suas carreiras em profissões bem diferentes daquela pela qual se tornaram famosos.

À lista do ArchDaily não poderíamos deixar de adicionar o maior noma da arquitetura no Brasil, Oscar Niemeyer.

Você vai se surpreender e, quem sabe, até se inspirar a desenvolver outra vocação.

Sempre há tempo!

 

Alvar Aalto

Antes de se formar em arquitetura, seu diploma foi suspenso pela Guerra Civil finlandesa: Aalto foi obrigado a se juntar ao Exército Branco e lutar na batalha da guerra em Tampere. Em seguida, completou sua formação, mas acabou envolvido na área militar, treinando no campo de oficiais reservas de Hamina.

Tadao Ando

O arquiteto japonês tem uma história nada convencional. Motorista de caminhão e boxeador profissional foram suas primeiras profissões. E foi enquanto viajava pelo mundo como boxeador que desenvolveu o interesse pela arquitetura. Autodidata, não recebeu nenhuma qualificação formal para exercer a profissão. Apenas estudou arquitetura e desenho de interiores por correspondência.

Daniel Libeskind

Nascido na Polônia em 1946, entre os sobreviventes do holocausto, Libeskind estudou música. Durante a maior parte de sua juventude, tocava acordeon em concertos, inclusive na TV. Somente em 1965, após a mudança da família para Nova York, iniciou os estudos em arquitetura. Em 1970, recebeu o diploma e começou a atuar na área.

IM Pei

De origem chinesa, iniciou seus estudos em arquitetura nos Estados Unidos, em 1935. Porém, teve que suspender seu projeto para se juntar ao Comitê Nacional Americano durante a Segunda Guerra Mundial. Foram mais de dois anos dedicados ao desenvolvimento de armas.

Frank Gehry

De origem chinesa, iniciou seus estudos em arquitetura nos Estados Unidos, em 1935. Porém, teve que suspender seu projeto para se juntar ao Comitê Nacional Americano durante a Segunda Guerra Mundial. Foram mais de dois anos dedicados ao desenvolvimento de armas.

Rem Koolhaas

Koolhaas é um arquiteto que escreve ou um escritor que constrói. Além da formação em arquitetura, estudou Cinema e TV. Foi jornalista no Haagse Post, co-roteirista do filme noir holandês The White Slave e ainda escreveu um filme para o infame diretor de pornografia americana Russ Meyer, nunca realizado.

Norman Foster

Depois de deixar a escola primária aos 16 anos, Foster trabalhou na tesouraria do time de futebol Manchester City. Depois, se alistou no Serviço Nacional e serviu na Royal Air Force. Foi aos 21 anos que se inscreveu na Escola de Arquitetura e Planejamento Urbano da Universidade de Manchester.

Oscar Niemeyer

A paixão pelo futebol quase desviou o caminho do maior arquiteto do Brasil. Aos 17 anos, Niemeyer vestiu a camisa do time juvenil do Fluminense e jogou um Fla-Flu, na época, o mais importante campeonato do País. Porém, em tempos de amadorismo no futebol, acabou optando por dedicar-se à arquitetura. Sorte a nossa.

 

Imagens: ArchDaily