Extravagante e ousada, Dubai reinventa constantemente os conceitos de arquitetura contemporânea.

A cidade que desafiou a natureza, erguida sobre um deserto, desafia também as leis da física com grandiosos projetos.

Entre eles, podemos citar os extravagantes arquipélagos artificiais Palm Island e The World, o Burj Dubai, maior arranha-céu do mundo e os hotéis luxuosos em formatos inusitados, como o Jumeirah Beach Hotel e o Burj Al Arab.

 

 

Mas Dubai não se cansa de ousar. E é justamente sua paisagem urbana em permanente mutação que faz da maior cidade do Oriente Médio uma espécie de Meca do turismo arquitetônico.

Entre os projetos que estão prestes a ser lançados, destacam-se o Bulgari Resort and Residences e o Museu do Futuro.

 

 

Abrangendo mais de 1,7 milhões de metros quadrados, o Bulgari Resort and Residences será composto por um hotel da marca Bulgari e luxuosas vilas residenciais.

Já o Museu do Futuro tem o objetivo de ser um laboratório para o desenvolvimento de inovações para as cidades do amanhã. Com um investimento de 136 milhões de euros, grande parte da sua estrutura será erguida usando impressoras 3D em vez da construção tradicional.

 

De acordo com o Sheikh Mohammed Bin Rashid Al Maktoum, Governador do Dubai, essa já é uma realidade: até 2030, a previsão é que 25% dos edifícios do Dubai sejam impressos em 3D.

Imagens: Creative Commons, Bulgari® e Museum Of The Future via Shaikh Mohammad Bin Rashid Al Maktoum